Principes da Noite

Cólera

tono: E
E F D E

E G A B C G E G~A (várias vezes) B E


E F
Bob perdeu o seu pai, sua mãe se vendia por prazer
D E 
No interior sem trabalhar, sem amigos nada pra comer
E F
Ouviu falar da capital, que era grande e era legal
D E
Da comida e da população, logo foi sem nenhum tostão

E G A B C G E G~A (várias vezes) B E
Hoje o trem das dez não vem!

E G A B C G E G~A (várias vezes) B E
Hoje o trem das dez não vem!

E F 
12 anos foi pedreiro, apanhou, comeu pão velho
D E
13 anos pra Febem, pois roubava pão de alguém
E F
Aprendeu a usar a mão, pra bater e pra roubar o pão
D E
Com 14 ele fugiu, na esquina se prostituiu

E G A B C G E G~A (várias vezes) B E
Hoje o trem das dez não vem!

E G A B C G E G~A (várias vezes) B E
Hoje o trem das dez não vem!

E G A B C B A A
Hoje o trem das dez não vem!

(solo)

E F
Fez dinheiro, fez canção, ajudou aqueles irmãos
D E
Resolveu viver legal, sem odiar, todo mundo é igual
E F
Mas na briga de alguém, Bob entrou e brigou também
D E
Era um brother da Febem, que ajudou Bob a fugir
E F
Veio a barca e meteu bala, o amigo foi ao chão
D E
Bob viu a covardia e enfrentou a repressão
E F
Levaram Bob com porradas e o soltaram na estação
D E
Sem carteira e sem enxergar, ficou lá naquele chão
E F
Na cidade a chuva cai, olhe bem daquele lado
D E
Quantos 'Bobs' estão no chão, todos cantam a canção


E G A B C B A A A A A..

E G A B C G A  B A F# G A F# G  F# E
Hoje o trem das dez não vem! (até acabar)
Página 1 / 1

Letras y titulo
Acordes y artista

restablecer los ajustes
OK