Casamento É Uma Gaiola

Sérgio Reis

Composição: Compadre Generoso
Tom: D
[Intro] A7  D  A7  D
 
D       A7             D           A7                 D
Tempo bom é o de solteiro a gente vai em qualquer lugar  
          A7             D              A7        D
Pois eu falo: -  Vou mulher. A mulher fala: - Não vá  
D       A7              D          A7                D
Tempo bom é o de solteiro a gente vai em qualquer lugar  
          A7             D              A7        D
Pois eu falo: -  Vou mulher. A mulher fala: - Não vá  
 
 E7
O rapaz quando é solteiro anda limpo que nem santo  
                                         A7
Só fala coisa bonita e tem medo de quebranto  
  G                             D                    G
Mas depois que ele casa, fica mudo, perde o encanto  
          A7             D               A7           D
Quando vem o primeiro filho, não veste mais terno branco
 
 E7
A moça quando é solteira, se lambuza de pintura  
                                        A7
Sapato de salto alto balança bem a cintura  
  G                           D            G
Mas depois que ela casa, reclama da vida dura  
        A7            D          A7          D
Fica com o corpo redondo igual porquinho na fritura 
 
        E7
Casamento é uma gaiola coisa ruim de se engolir  
                                                    A7
Quem está fora quer entrar quem está dentro quer sair  
  G                             D               G
Quando o arrependimento é tarde não tem por onde fugir  
           A7         D            A7          D
A lei de Deus é sagrada e a gente tem que cumprir
Página 1 / 1

Letras y titulo
Acordes y artista

restablecer los ajustes
OK