Cifra Club

Mostrando a Cara

Ênio Medeiros

Ainda não temos a cifra desta música.

Que alegria a gente sente no bom dia do Guaíba
A ponte nos dá passagem, a capital nos dá guarida
Um aperto de mão na chegada, um aceno na saída
E os aguapés flutuando, fincando as águas pra vida

Lá do garrão da fronteira
Mostra a cara um campeiro
Traz na mala de garupa
Os seus vícios de fronteiro

Assustado com o progresso
Toureando a vida por graça
Pele curtida do sol
Numa miscigenação das graças

Dos campos finos de trevo
E a beleza do Uruguai
Chapéu tapeado com respeito
Um costume do meu pai

Caminhar desajeitado
De cicatrizes de boléu
Eu trago a sombra das matas
Na aba do meu chapéu

Vai, Guaíba, vai
Vai, Rio Guaíba, vai

Vai, Guaíba, vai
Vai, Rio Guaíba, vai

Que alegria a gente sente no bom dia do Guaíba
A ponte nos dá passagem, a capital nos dá guarida
Um aperto de mão na chegada, um aceno na saída
E os aguapés flutuando, fincando as águas pra vida

Teu carinho vai comigo
Não vim pra enxergar perigo
Mãe campeira dos gaúchos
Ganhaste mais um amigo

Fala a voz das estâncias
Em nome de um domador
Eu levo as tuas glórias
Nos flecos do tirador

Vai, Guaíba, vai
Vai, Rio Guaíba, vai

Vai, Guaíba, vai
Vai, Rio Guaíba, vai

Vai, Rio Guaíba, vai
Vai, Rio Guaíba, vai

Colaboración y revision:
  • Música Gaúcha

0 comentarios

Ver todos os comentários
00:00 / 00:00
outros vídeos desta música
repetir qualidade Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK