Cifra Club

Minhas Canções Inacabadas

Tavinho Moura

Aún no tenemos el cifrado de esta canción.

As minhas canções inacabadas
Vão ficar feito folhas no vento
Cruzes na beira da estrada
Quando cessar em mim a energia, o movimento

Mais do que cruzes, pousada
Mais do que abrigo, alimento
De uma aventura desenfreada
Da minha breve estada
Os melhores momentos

Melhores porque tendo ritmo
Não têm, da forma, o cimento
Enveredam por muitos caminhos
Mas só voam o céu secreto
Que eu invento

A minha vida
Se faz completa
Nem bem o sol levanta
Se com ajuda
Do meu verso
No fundo do tempo
Uma pessoa já canta

Viajante, não lhes peça nada
Além de esperança e alento
São folhas, são cadernos, são palavras
São indecifráveis madrugadas

Deixe-as seguir no vento
Eu tentei ser um homem simples
Mas meu coração foi vagabundo
Eu era muito moço
Quando joguei minha vida na estrada

Pelo claro cristal da rima
Revirei o mundo
Eu vi meus companheiros morrendo no caminho
Eu vivi os piores anos da repressão

É quanto custa
A doçura
Que tenho
Quanto me vale
Tecer a palha
De uma canção

Composición de Ronaldo Bastos/Tavinho Moura
Colaboración y revisión:
  • Lourenço Hamdan

0 comentarios

Ver todos los comentarios
00:00 / 00:00
Outros vídeos desta música
Repetir Calidad Automático
Outros vídeos desta música
00:00 / 00:00
Automático
OK